29 de agosto de 2008

Conversa de busão - Água em Jejum

Duas senhoras, uma gorda e a outra magrinha, magrinha. A segunda se queixa:

- Menina, estou com umas dor esquisita...
- Onde que dói?
- Não sei, cada hora é num lugar... Nas pernas, nas costas, no pé...
- Não é variz? Você tem a circulação ruim?
- De vez em quando.
- Tem que tomar água em jejum. Você toma água de manhã?
- Quase nunca.
- Não pode, tem que tomar bastante água logo que acorda. Quatro copos, todo dia, bem na hora que levanta.
- Santa Barbara! Tudo isso!
- Limpa tudo menina... Mas só pode tomar café da manhã depois de uma hora.
- Será que resolve?
- É comprovado. Coisa de japonês. Quem me ensinou foi a Dona Mayeda, mulher do tomateiro da feira, sabe?... Ela disse que o marido toma esse tanto de àgua todo dia de manhã. Nunca pegou uma gripe. Falou que é um santo remédio.
- Santo remédio? Que nada, ele bebe essa água toda por causa da ressaca. Aquilo é um pé de cana lascado...
- Ah, isso é verdade. Ele é chegadinho numa birita, mesmo.
- Ô se é.

As duas riem aos soquinhos.

Nenhum comentário: