14 de maio de 2012

Papo de Boteco – O Planeta Versão Brazuca


Dois intelectualóides metidos a cinéfilos bebem gim com soda.

- Assistiu 'Planeta dos Macacos, a origem'?
- Assisti quando lançou.
- Não sei se você reparou que tem mais uns dois ou três filmes da franquia com teorias diferentes sobre a origem do planeta.
- E a pior delas é a do Tim Burton.
- Com aquela estória da nave com um chimpanzé modificado geneticamente que cai lá lá lá... Também acho a pior. A teoria é completamente fora de propósito.
- Eu faria uma muito melhor.
- Pois, eu já fiz uma teoria melhor.
- Ah, vá.
- Ouça e diga se não é a teoria definitiva sobre a evolução dos símios.
- Fala logo, pô.
- A coisa toda começa aqui, no Brasil.
- Começamos bem...
- Não, vai vendo. Você soube que modificaram geneticamente uns mosquitos da dengue pra que um imunize o outro e o mosquito pare de transmitir a doença.
- Li alguma coisa a respeito.
- Então, aí começa a nossa estória. Cientistas criam esse mosquito, mas alguma coisa dá errado e os insetos acabam mudando de tamanho, ficam mais robustos e, ao mesmo tempo, com um tipo de vírus da dengue mortal. Picou e em duas horas o coitado está morto.
- Tipo epidemia.
- Exatamente. Aí, o que acontece? Como os mosquitos cresceram eles não conseguem picar pessoas mais peludas, só as de pele lisinha.
- Quer dizer, o Tony Ramos está livre desse mal.
- Totalmente. O que acontece? Os peludos e as peludas sobrevivem e vão procriando entre eles, criando espécies cada vez mais peludas, cada vez mais peludas até que tchã-ram!!! Temos o planeta dos macacos... Que nada mais é do que o planeta dos humanos muito, muito peludos.
- Toda essa estória pra dizer que os macacos evoluíram do Tony Ramos.
- Numa analise simplista, sim.
- Isso não é preconceito, não?
- Preconceito por quê? Os caras dominam o mundo.
- Bom, é uma teoria melhor que a do Tim Burton.
- Muito melhor. Vou registrar essa idéia.
- Escreve e vende pra Hollywood.
- Que Hollywood nada, vou vender pro Zé Wilker. Planeta dos Macacos versão Brazuca, já pensou?
- Vai ser um espetáculo.
- Um espetáculo.

Brindam, bebem  e babam.

Nenhum comentário: